Compartilhe:

No dia 27 de agosto, ocorreu a primeira formatura da do Eco trapo. Nova oficina que faz parte do projeto de geração de renda Supera, da Unilehu.

A oficina realizada em parceria com a Comunhão Cristã Abba, reuniu onze alunos e durou duas semanas. Com o propósito de ensinar pessoas, a produzir estopas com retalhos de malha costurada, doados por outras instituições parceiras.

Durante esses dias, todo amparo e carinho contribuíram para uma formatura cheia de emoção, gratidão e esperança renovada.

O evento apresentou os alunos, e a importância do projeto para parceiros, contribuinte, voluntários e convidados dos formandos. Pessoas que não só se surpreenderam com o trabalho de inclusão feito pela Unilehu, mas também, com uma linda homenagem que os formandos fizeram ao cantar como coral a música “Raridade”.

Sergio Israel, orador da turma, agradeceu toda equipe e contou a importância da oportunidade ofertada a eles “No momento em que o país vive, uma oportunidade de aprendermos uma nova profissão, para voltarmos a ter dignidade é algo que não tem preço”, declara IsraeHouve, também, homenagens a professora Josiane Fagundes, além das assistentes sociais da igreja, Joana Serafim e Mayla.

“Com o objetivo de incluir, a Unilehu, encontrou no Eco Trapo a oportunidade de geração de renda para aquelas pessoas que se encontram em situação de rua. A ideia foi colocada em prática junto com a Comunhão Cristã Abba que nos direcionou alunos, que hoje homenageamos com imensa satisfação, pois assim como a oportunidade que eles tiveram de se superarem, nós tivemos de aprender a cada dia com essa experiência”. Finaliza a presidente da Unilehu, Andrea Koppe.

Eco trapo

O programa Eco Trapo – Pensando em reintegrar e incluir pessoas que vivem na situação de vulnerabilidade social, a Unilehu, por meio do programa Supera – Geração de Renda, criou um curso preparatório para a montagem de estopas de malha costurada, o Eco trapo. Onde com todo amparo da instituição pessoas que vivem em situação de rua conseguem aprender uma costura simples, para poderem gerar sua renda, por meio da produção de estopa de malha costurada, que são vendidas por quilo para  indústrias.