Compartilhe:

Na ultima segunda feira, dia 1° de maio, foi comemorado o Dia do Trabalho. Feriado nacional, o dia do trabalhador é marcado com manifestações, festas e eventos por todo o país. Na Unilehu, a data também é uma forma de comemorar o ingresso de pessoas no mercado de trabalho por meio dos programas desenvolvidos pela entidade.

Um deles é o Mais Eficiência. Responsável por fazer a inclusão de pessoas com deficiência e preparando empresas a fim de que elas se tornem mais capacitadas para fazer a inclusão. O programa, que tem forte atuação no cumprimento da Lei de Cotas, já colocou no mercado de trabalho 105 profissionais com deficiência, de janeiro a abril, e atendeu quase mil pessoas.

Para a responsável pelo setor de inclusão do Mais Eficiência, Samira Crozetta, é importante que haja uma parceria colaborativa com as empresas, para que mais pessoas possam ingressar no mercado. “Temos um banco de dados aberto com diversas pessoas à procura de emprego. Por isso, é essencial que as empresas estejam abrindo vagas também a essas pessoas que possuem determinadas demandas especiais, e nós, estaremos disponíveis a colaborar como for possível”.

Outro programa de acessibilidade ao trabalho mantido pela Unilehu é o Mais Aprendiz, para jovens de entre 14 a 24 anos e pessoas com deficiência sem limites de idade. Criado em 2009, programa tem o objetivo de desenvolver nos aprendizes competências e capacidades que possibilitem o crescimento pessoal e profissional, para sua inserção no mercado de trabalho. Em 2017, 71 aprendizes já se formaram pelo programa e, atualmente, 291 estão em processo.

Para a presidente Andrea Koppe, é uma grande satisfação poder comemorar o dia do trabalho com tantas pessoas ingressando no mercado. “Nossa missão é contribuir para a inclusão em todos os setores da sociedade, e o trabalho passa por esses setores. Poder, nesse dia que é em homenagem ao trabalhador, ver que demos um grande passo em direção ao nosso objetivo, que colaboramos para o ingresso dessas pessoas no mercado de trabalho, é realmente muito gratificante para mim e para a instituição”. A presidente ainda comenta sobre os objetivos ao longo do ano. “Conseguimos esses números em apenas quatro meses e vamos trabalhar para que ele cresça nos próximos”.