Compartilhe:

No último sábado, 3 de junho, o Programa Mais Aprendiz da Unilehu, formou mais uma turma de aprendizes das empresas Exxon e CSE. Os alunos encerraram um ciclo de dois anos de formação teórica e prática como auxiliar administrativo.

Para a coordenadora do Mais Aprendiz, Aline de Borba, é uma satisfação poder formar mais uma turma. “Acreditamos que construir um futuro melhor para os jovens passa pela educação e formação pessoal e profissional. Estamos sempre buscando que todos tenham essas mesmas oportunidades. Sempre que formamos uma turma, vemos que estamos caminhando no mesmo sentido de nosso objetivo”.

Anderson Favaro Tomio, de 23 anos, é o mais novo aprendiz formado pela empresa Exxon. Para ele, os benefícios de participar do programa podem ser vistos a curto e a longo prazo. “Você faz agora o curso de aprendizagem, aprende, se desenvolve, se qualifica e futuramente o resultado de tudo isso aparece. Vale muito a pena, porque você leva para a sua vida”. O agora ex-aprendiz, comenta o sentimento estar formado depois de dois anos de programa. “É uma fase para se passar, um desafio para encarar. Hoje, depois de formado, tenho o sentimento de uma conquista”.

A professora de comunicação dos cursos de aprendizagem, Cláudia Kaplum explica as diferenças de trabalhar com turmas de aprendizagem. “Nós temos jovens que já estão inseridos no mercado de trabalho. Muitos já têm experiência prévia e para outros esse é o primeiro emprego. Nós temos que linkar o conhecimento, a teoria, com a prática. O que eles estão aprendendo na empresa com o dia a dia”. Claudia também fala sobre a oportunidade de poder formar mais uma turma. “Nós formamos cidadãos para o mundo, então é uma sensação de missão cumprida, de gratificação muito grande. Eles estão só começando um caminho diferente, e nós torcemos muito para que seja um caminho de sucesso de progresso, e que eles consigam realizar todos os planos e sonhos deles”.

Confira algumas fotos da formatura: