Relações institucionais

Inclusão se aprende desde cedo

A peça teatral “Um mundo para Todo Mundo” é um teatro de bonecos que evidencia para o público infantil a importância da convivência das diferenças, trabalhando o tema da deficiência de maneira lúdica e divertida. É um espetáculo totalmente acessível, para promover também a participação de crianças com deficiência, contando com recursos de áudio-descrição, interpretação de LIBRAS e legendagem.

O projeto tem o objetivo de potencializar a consciência coletiva sobre as deficiências, especialmente para um público desde a mais tenra idade. Sendo um teatro de bonecos para crianças, é voltado ao público infantil e juvenil. Todos os envolvidos nesta produção têm o interesse legítimo de realizar um espetáculo de alta categoria artística e que leve ao público não só entretenimento, mas também a possibilidade da conscientização sobre o tema inclusão.

As mudanças comportamentais, sobretudo na última década, não foram poucas: estamos na era em que a imagem virtual substitui a presença. O teatro vem, dessa forma, cumprir um novo papel: revigorar o encontro e a troca subjetiva de experiências e sensações. Neste projeto, criamos momentos para reerguer a tradição de um rito popular de comunicação artística de qualidade, com soluções originais e alto poder de comunicação, que por isso dialoga com sua comunidade. Já somamos centenas de apresentações de sucesso, gratuitas, realizadas nos municípios de Curitiba, São José dos Pinhais e Araucária, no estado do Paraná.

Estamos construindo o futuro. A sociedade inclusiva que sonhamos e precisamos depende de cada um de nós. Necessitamos de uma profunda mudança no comportamento e na atitude de todas as pessoas, algo que depende da formação de cada ser humano. Por isso este projeto começa com a criança. Elas serão o futuro da inclusão. Por isso ousamos provocar a reflexão acerca da inclusão desde a infância. Visamos contribuir para a formação de indivíduos críticos e questionadores, conscientes da necessidade da inclusão, qualidades fundamentais para um desenvolvimento social mais justo para todos.