Unilehu realiza a Semana da Empregabilidade
01/10/2019
11ª Rally da Inclusão, reúne PcD e Jipeiros
11/11/2019
Show all

Unilehu é eleita representante da sociedade civil no Cedca

Ao centro estão a presidente da Unilehu, Andrea Koppe (de azul), ao seu lado direito, está a diretora da Unilehu, Yvy Abadde. (Foto: Divulgação)

Na última quinta-feira (24), ocorreu a reunião extraordinária do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca), onde foram empossados os novos representantes da sociedade civil. O evento ocorreu no Palácio das Araucárias e reuniu os representantes da sociedade civil organizada, além dos eleitos (as) para o Biênio 2019-2021.

A Unilehu, foi uma das 12 representantes do Paraná, que foram eleitas para fazer parte do Conselho, como representante da sociedade civil. A instituição está há 15 anos atuando em prol da inclusão e nos últimos anos, tem voltado suas atenções as crianças e adolescentes, executando projetos ao público em vulnerabilidade social.

Na solenidade, estiveram presentes a presidente da Unilehu, Andrea Koppe, e a diretora da Instituição, Yvy Abadde, que assinaram o termo de posse. Yvy será a titular e Andrea será a suplente, nas reuniões do Cedca.

Para Andrea, esse é um grandioso reconhecimento por todo o trabalho realizado pela Unilehu. “Ficamos muito felizes com a eleição e de fazer parte do Cedca. Isso mostra que estamos no caminho certo e que nosso trabalho tem ajudado e transformado a sociedade, como um todo”, coloca.

Já Yvy, aborda que fazer parte do Conselho, permite uma maior contribuição com a sociedade civil. “Representar a sociedade é dar voz a população e buscar soluções para os problemas enfrentados. Somos gratos por sermos essa voz e por podermos maximizar os projetos que fazem diferença no dia a dia das crianças e adolescentes do nosso estado”, pontua.

Projetos da Unilehu

Desde sua fundação em 2004, a Unilehu trabalha em prol da inclusão de pessoas com deficiência. Em 2012, iniciou um projeto voltado para a aprendizagem, que atende adolescentes e jovens, com e sem deficiência, em busca do primeiro emprego. No programa eles passam por cursos e aulas voltadas ao mercado de trabalho, que preparam o aluno para enfrentar possíveis desafios no dia a dia das empresas.

Já em 2014, foi dado início ao projeto com crianças, no bairro Boqueirão, em Curitiba. O Centro de Educação Infantil Mundo Para Todo Mundo atende crianças de 2 a 5 anos, em vulnerabilidade social, dando toda a base e suporte para que essas crianças possam ser protagonistas em suas escolhas, ensinamentos e no convívio de sua família. Neste espaço, elas recebem suas refeições, aprendem de forma especial sobre uma série coisas, além de darem os primeiros passos em sua vida escolar. Também, aprendem a conviver em sociedade, já que a escola é preparada para receber crianças com deficiência, onde todos convivem em harmonia.

Além disso, no Centro de Inclusão da Unilehu, ocorre o projeto Poeta (Programa de Oportunidades Econômicas através da Tecnologia nas Américas). Presente em diversos países da América Latina e Caribe, e espalhado pelo Brasil, a rede POETA foi idealizada e criada pela The Trust for the Americas – afiliada à Organização dos Estados Americanos (OEA). O público-alvo são mulheres jovens, que por meio de uma formação abrangente e da utilização e apropriação da informática, desenvolvem competências pessoais e profissionais.

Quer conhecer mais sobre a Unilehu, venha nos fazer uma visita ou acesse nosso site: Unilehu.org.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *